quarta-feira, 7 de março de 2012

A reconciliação entre as pessoas.

Bismillahi Rahmanir Rahim

" Então temei a Allah e reconciliai-vos. " ( Alcorão Sagrado 8:1)

Pode parecer brincadeira, mais não é, chego até a fica assustada com o número de irmãos e irmãs que se sentem magoados de alguma forma com alguns irmãos, que se afastaram de seus convívios sociais por que conta de brigas e ações mal resolvidas, que em sua maioria deixaram até de ir em mesquitas e encontros por que não consegue estar no mesmo lugar que a pessoa que lhe causou mal estará também, então resolvi tentar de alguma forma clarear as cabeças de quem ainda deixa algumas nuvens, e não consegue seguir adiante ou passar por cima de algumas coisas.
Espero que este post ajude, como me ajudou também.

" Os Crentes não são que irmãos,então, reconciliai vossos dois, irmãos que pelejarem e Temei a Allah, na esperança de obterdes misericórdia" ( Alcorão Sagrado 49:10).

Somos uma comunidade que está crescendo, Alhamdulillah, somos humanos temos nossas diferenças e gênios diferente, temos opniões próprias, temos nossas correrias do dia- a - dia, temos tanta coisas a fazer e como será que conseguimos tempo para nos amargurar?.
Allah nos chama ao perdão, a cura do coração para uma vida melhor, irmãos e irmãs sabemos que por sermos diferente e termos um ponto de vista diferente, nem sempre as pessoas vão concordar conosco, e não vamos concordar com todos o tempo todo, mais o que nos une é maior é mais forte e mais vivo, Allah SWT.



Ummu Kulçum Bint Ucba (R) relatou que ouviu o Profeta dizer: " Não é mentiroso aquele que inventa ou aumenta as coisas para promover o bem". ( Bukhári e Musslim) ( Jardim dos Virtuosos : página 198 / 249)


Somos uma comunidade muçulmana, já tão afetada e discriminada, por que temos que abalar nossa Ummah com venenos do mundo, se somos sempre chamados ao amor e a caridade com o próximo? mesmo quando nos sentimentos sozinho, chateados ou triste com alguma coisa, Allah SWT nunca nos abandona, e sempre nos dá a loucura do perdão, mesmo quando é difícil perdoar, não sejamos cegos a ponto de querer que as pessoas somente vejam que errou e venham nos pedir perdão, as vezes a pessoa nem sabe que errou, vamos ter humildade.
Uma nova geração de novos muçulmanos se levanta a cada dia Alhamdulillah, SubahanAllah por isso e o que estamos fazendo enquanto as coisas acontecem ao nosso redor? estamos perdendo tempo nos amargurando e achando que nós merecemos um pedido de desculpa ou até mesmo nos trancafiando em casa, PRA QUE ? POR QUE? muitas pessoas precisam de nós e nós das pessoas, e sem força meus queridíssimos irmãos não iremos mais longe que a uma simples padaria e olhe lá.

Aprenda que o perdão limpa nosso coração, nos abre a novas oportunidades, não to dizendo para nos transformarmos em Idiotas, mais peço para nos tornamos irmãos verdadeiros, com os ensinamentos do nosso amado Profeta Muhammad Saw.





Vamos irmãos e irmãs, dar um novo passo no dia de hoje e de amanhã os mais os dias que se seguem, para o Perdão e compreensão, só assim, nossa Ummah não será mais Minada pelo Shaytan, não é fácil, mais não é impossível, bate com o Alcorão na cabeça do Shaytan e peça nos seus Dua'a que Allah te dê a loucura do Perdão, por que quando se é Louco por Allah, vivemos no melhor hospício do mundo, onde tudo é perfeitamente louco, como somos loucos por Allah.
se tiver que perdoar alguém, faça.
Se tiver que pedir perdão à alguém, faça.
Se tiver que pedir milhões de vezes então, peça.
Por que no dia do juízo final, vc poderá dizer, Meu Senhor de tudo eu fiz.

Maa' Salama irmãos e irmãs.


Sarah Ghuraba.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

! EXPECTATIVAS !

E nome de ALLAH, o Clemente ,o Misericordioso !


     " A minha nação se dividirá em 73 grupos, todas estão no fogo, exceto uma " em outra versão perguntaram ao Profeta de ALLAH ( s.a.w.s): " E qual é a que está a salvo ? - ele disse - " Aquela que segue os meus passos e os dos meus companheiros" Tirmizi, Ibin Májah, Ahmad e Al Hákim ).


    Irmãos, gostaria de dar  um outro enfoque para este hadis, digamos, como se diz hoje em dia, um enfoque pró-ativo. E aproveito assim, para compartilhar com todos vocês as minhas expectativas quanto a esta iniciativa muito positiva não só do ponto de vista religioso, más também dos demais aspectos do Islam que o  faz  ser um modo de vida completo para todos os muçulmanos.
    Por que pró -ativo ?  Como aprendemos  que um muçulmano é irmão de outro muçulmano, e que o muçulmano que não se importa com o outro muçulmano não faz parte da umma do Profeta Muhammad ( s.a.w.s ) deveríamos fazer desta profecia um motivo de união indestrutível entre nós no caminho do conhecimento e da verdade, e não de disputa ferrenha para querer provar a ferro e fogo que tal concepção esta correta e todas as outras estão desviadas. Penso que esse debate deve ter como marca principal a compaixão, o amor e o respeito com todos que se propuserem contribuir para uma maior união entre nós tendo como polo aglutinador o Islam, pois não tenho dúvidas de que todos nós temos o mesmo objetivo que é o de aprender e ensinar o Islam correto e verdadeiro.
    Sinceramente não é o que eu vejo atualmente, pelo menos no Brasil. Percebo que o Islam cresce e se desenvolve de forma espontânea e uma boa parte destes novos convertidos acabam indo embora para nunca mais voltar. Aqui na minha região, sobraram apenas 2 dos 10 convertidos. Não basta dizer que 100% da culpa são dos próprios convertidos que não tinham certeza do que estavam fazendo. Para começar não temos uma proposta séria e organizada para a divulgação do Islam aqui no Brasil e nem na America Latina como um todo. A pessoa se converte e aí? Ela passa a ter contato com várias interpretações da religião que vai do ultra liberal onde se pode fazer quase tudo até a do ultra radical que não se pode fazer quase nada. Espero que esse espaço possa contribuir de forma positiva mostrando que a nossa religião é o caminho da facilidade e não da dificuldade pois somos uma nação do equilíbrio.
      E desta forma que cada um tenha a responsabilidade de colocar as suas opiniões bem fundamentadas e baseadas em pesquisas sérias sobre o assunto comentado, inclusive pontos críticos e contestados por outras fontes se houver necessidade.
      E por último, não deve ou não deveria ser motivo de alegria para ninguém acreditar que o outro irá para o fogo. Eu mesmo gostaria de compartilhar muitas dúvidas com os irmãos (as), não a respeito da religião em si e os seus princípios fundamentais ( os 5 pilares do Islam e os 6 da crença) más refletir  com todos a construção de uma nova Civilização Islâmica em todo o mundo e não só nas chamadas terras islâmicas como pensam e lutam algumas correntes dentro da nossa própria comunidade.
      Assalamu Aleikum !

domingo, 29 de janeiro de 2012

UBM - Uma Grande Idéia, Uma Excelente Iniciativa


Em Nome de Allah, O Misericordioso, O Misericordiador
Não há outra divindade além de Allah
E Muhammad é o seu mensageiro.

Eu decidi escrever um pouco sobre a UBM - União de Blogueiros Muçulmanos, e também aproveitar para falar sobre o momento em que nós vivemos e ligar uma coisa a outra, a iniciativa da criação da UBM e sua motivação e necessidade.

E desta forma, modestamente dou o início a este blog que veio em boa hora.

Considero que a iniciativa da criação de uma união como esta vem no momento certo e é de fato uma excelente iniciativa porque precisamos nos organizar, nos unir, nos preparar, para o momento em que estamos vivendo hoje no mundo todo, um momento em que o Islam está crescendo de uma forma impressionante.

Embora o meu caminho tenha sido muito particular em relação à minha reversão ao Islam, de uma forma ou de outra eu me sinto também ligada a este momento de crescimento do Islam, e desde que me tornei muçulmana, a pouco mais de 1 ano, observo com alegria em meu coração que este crescimento tem de fato se acelerado nos últimos tempos, a ponto de sentir que nossas queridas mesquitas estão ficando pequenas em certas ocasiões.

Mas, aí eu me pergunto, e pergunto também para todos: estamos preparados de fato para este crescimento?

E mais do que isto, estamos de fato fazendo a nossa parte?

Com preocupação, mas não com espírito de crítica ou com sentimentos negativos, eu acho (e é minha opinião) que a resposta para as duas perguntas acima é... NÃO. Não estamos e nem estávamos preparados para este crescimento, e também NÃO, não estamos fazendo a nossa parte.

Ah sim eu reconheço o esforço pessoal de quem se dedica a acolher as pessoas que procuram o Islam, e também o esforço pessoal de quem se dedica à Dawah, eu mesma procuro fazer isto de acordo com as minhas condições, e me incluo neste grupo de pessoas que fazem, mas sinceramente e isto também serve para mim, eu acho que podemos sim fazer mais, muito mais!

Quando eu proferi a minha Shahada, a minha primeira sensação, me lembro bem, foi de sincera solidão, e falta de orientação. Eu já falei sobre isto algumas vezes em meu blog (Filha da Alvorada - http://filhadaalvorada.blogspot.com ) e em outras ocasiões, sobre como tudo aconteceu, até que uma irmã que hoje é minha amiga pessoal me extendeu a mão.

Desde então eu me esforço para acolher quem chega, e ela também, mas sempre senti falta de uma ação mais coletiva dentro da comunidade islâmica, seja em relação à Dawah e acolhimento, seja em relação à mobilização no sentido da nossa defesa em momentos críticos e também em relação à própria "vida social" da comunidade islâmica.

Eu atribuo esta falta de ação coletiva sinceramente ao crescimento impressionante que de uma forma ou de outra pegou a todos de surpresa, e foi com este pensamento e com muita alegria que recebi a notícia da criação da UBM, uma boa idéia que se colocada em prática, pode render frutos realmente muito bons.

Então está lançada a idéia, agora precisamos de fato colocar ela em prática, unir realmente os blogs islâmicos em bloco, para que possamos atuar de inúmeras maneiras, não só ampliando as possibilidades da criação de fontes seguras e de fácil acesso para o verdadeiro conhecimento sobre o Islam, como também aumentando a divulgação de nossos blogs, criando uma frente de defesa sólida contra a desinformação e a agressão dirigida a nós, e sobretudo nos unindo como devemos ser, unidos na fé, irmãos e irmãs de fato, no Islam.

Colocar em prática significa promover a UBM, unir os blogs islâmico através da UBM, e divulgar de verdade.

Que Allah nos recompense pelo nosso esforço, dedicação e trabalho, e nos dê força e coragem para levar esta excelente iniciativa adiante.

Salam!