terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

! EXPECTATIVAS !

E nome de ALLAH, o Clemente ,o Misericordioso !


     " A minha nação se dividirá em 73 grupos, todas estão no fogo, exceto uma " em outra versão perguntaram ao Profeta de ALLAH ( s.a.w.s): " E qual é a que está a salvo ? - ele disse - " Aquela que segue os meus passos e os dos meus companheiros" Tirmizi, Ibin Májah, Ahmad e Al Hákim ).


    Irmãos, gostaria de dar  um outro enfoque para este hadis, digamos, como se diz hoje em dia, um enfoque pró-ativo. E aproveito assim, para compartilhar com todos vocês as minhas expectativas quanto a esta iniciativa muito positiva não só do ponto de vista religioso, más também dos demais aspectos do Islam que o  faz  ser um modo de vida completo para todos os muçulmanos.
    Por que pró -ativo ?  Como aprendemos  que um muçulmano é irmão de outro muçulmano, e que o muçulmano que não se importa com o outro muçulmano não faz parte da umma do Profeta Muhammad ( s.a.w.s ) deveríamos fazer desta profecia um motivo de união indestrutível entre nós no caminho do conhecimento e da verdade, e não de disputa ferrenha para querer provar a ferro e fogo que tal concepção esta correta e todas as outras estão desviadas. Penso que esse debate deve ter como marca principal a compaixão, o amor e o respeito com todos que se propuserem contribuir para uma maior união entre nós tendo como polo aglutinador o Islam, pois não tenho dúvidas de que todos nós temos o mesmo objetivo que é o de aprender e ensinar o Islam correto e verdadeiro.
    Sinceramente não é o que eu vejo atualmente, pelo menos no Brasil. Percebo que o Islam cresce e se desenvolve de forma espontânea e uma boa parte destes novos convertidos acabam indo embora para nunca mais voltar. Aqui na minha região, sobraram apenas 2 dos 10 convertidos. Não basta dizer que 100% da culpa são dos próprios convertidos que não tinham certeza do que estavam fazendo. Para começar não temos uma proposta séria e organizada para a divulgação do Islam aqui no Brasil e nem na America Latina como um todo. A pessoa se converte e aí? Ela passa a ter contato com várias interpretações da religião que vai do ultra liberal onde se pode fazer quase tudo até a do ultra radical que não se pode fazer quase nada. Espero que esse espaço possa contribuir de forma positiva mostrando que a nossa religião é o caminho da facilidade e não da dificuldade pois somos uma nação do equilíbrio.
      E desta forma que cada um tenha a responsabilidade de colocar as suas opiniões bem fundamentadas e baseadas em pesquisas sérias sobre o assunto comentado, inclusive pontos críticos e contestados por outras fontes se houver necessidade.
      E por último, não deve ou não deveria ser motivo de alegria para ninguém acreditar que o outro irá para o fogo. Eu mesmo gostaria de compartilhar muitas dúvidas com os irmãos (as), não a respeito da religião em si e os seus princípios fundamentais ( os 5 pilares do Islam e os 6 da crença) más refletir  com todos a construção de uma nova Civilização Islâmica em todo o mundo e não só nas chamadas terras islâmicas como pensam e lutam algumas correntes dentro da nossa própria comunidade.
      Assalamu Aleikum !

Um comentário:

  1. Assalamu Aleikum !

    Só para esclarecer: quando eu digo " não a respeito da religião em si ", é por não ter divergências quanto aos princípios gerais ,más penso que para construir uma Nova Civilização Islâmica teremos também que refletir sobre política,educação,desenvolvimento, ciência, ideologia e a questão social. Assalamu Aleikum !

    ResponderExcluir